Redescobrir-se ou Reinventar-se?


Estive pensando sobre isso.
Somos seres metamórficos. Tudo nos muda, tudo nos molda. Mesmo aqueles que, aos olhos alheios, já são belíssimas borboletas, carregam dentro de si a angústia que a lagarta experimenta dentro de seu casulo.
Ao contrário da borboleta, que passa por um único processo e, irreversivelmente, vira borboleta e, ao virar borboleta, logo morre (dura no máximo 3 meses), nós temos um casulo permanente - um casulo interno! Muitos voltam a ser larva, mesmo depois de ter sentido a brisa fresca soprando em suas belas asas coloridas de borboleta.
E como é belo o colorido de suas asas! Como pode uma larva de aparência tão "asquerosa e repelente" tornar-se "artigo colecionável" por sua diversidade e beleza? Admiro as borboletas, mas confesso que as larvas me impressionam mais! Não por serem belas, não por estarem prontas... mas por estarem se esforçando pra serem melhores e mais belas, apesar da dor do sacrifício.
Acho que assim somos nós. Nossas rígidas crisálidas não são nada confortaveis. Mas acho que elas imprimem em nós as cores que nos tornarão mais belos e "aceitáveis" aos olhos humanos! Como as borboletas, somos reconhecidos pelas cores que trazemos em nós.
Que aprendamos com as borboletas que não precisamos ser tristes, feiosos e amargos depois de grandes sacrifícios, traumas ou imposições naturais da vida.
Ao contrário delas, não precisamos morrer após virarmos borboletas. Nossa crisálida sempre poderá ser visitada. Lá nos redescobriremos borboleta ou reinventaremos nossas cores, se necessário for!
Em que parte do ciclo você se encontra? Talvez seja momento de redescobrir-se ou de reinventar-se!
Fomos feitos para um propósito específico - se você não sabe para qual, descubra-se! Se perdeu-se pelo caminho, redescubra-se! Se nunca viveu esse propósito, reinvente-se! Mas não permaneça larva, não morra no casulo!


Quando menos esperar, no momento crucial de seu esforço, o teu Criador faz romper tua crisálida e enche de cor tuas asas!

Comentários

  1. Parabens ao aoutor exelente reflexão um grande toque de sensibilidade existencial!

    ResponderExcluir
  2. Tudo que precisava ler nessa momento.

    ResponderExcluir
  3. Tudo que precisava ler nessa momento.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, linda! Deus te abençoe!

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Amizade de Getsemani

O Que O Pássaro Me Ensinou